Nossas

Notícias

Lições da NRF 2022 para um líder, por Evandro Ferrer

Desde a minha primeira National Retail Federation (NRF), as expectativas são sempre grandes sobre as tendências tecnológicas e as soluções disruptivas encontradas por varejistas do mundo todo. Com a pandemia e a aceleração da transformação digital, o tema Web 3 e metaverso foi ainda mais esperado. Mas o que vemos consistentemente é a importância dos pontos comportamentais. 

Este ano, temas como propósito, cultura, sustentabilidade, diversidade e liderança nunca estiveram tão fortes e presentes nas palestras e painéis. Afinal, inovação, criatividade e adaptabilidade começam nas pessoas. Por isso, deixo aqui algumas lições aprendidas na feira deste ano para você, líder, aplicar no seu dia a dia e garantir o sucesso do seu negócio.

1) Tenha obsessão pelo propósito da sua empresa.

As pessoas fazem o que fazem por compartilharem dos mesmos valores, por se identificarem com a cultura organizacional e pelo impacto que elas podem gerar através do seu trabalho. Foque seus esforços em garantir que o propósito da empresa seja perpetuado diariamente em sua companhia desde as pequenas ações, passando por cada um dos projetos desenvolvidos pela empresa, até os objetivos de negócio e KPIs. Você verá que ser obcecado pelo propósito irá garantir alinhamento, comprometimento e engajamento de todos os colaboradores e, consequentemente, de seus clientes.

2) Coloque verdadeiramente as pessoas no centro da sua organização.

Pessoas trabalham para pessoas. É sobre gerar conexão. Por isso, leve a empatia a outro nível e saiba quem são os integrantes do seu time e o que eles estão lidando além do trabalho. Mais do que enxergar as pessoas é preciso ouví-las. Só assim você irá conhecer profundamente sua equipe e poderá colocar as pessoas certas nos lugares certos. 

3) Crie laços de confiança.

Neste ambiente de incertezas, as pessoas precisam de estabilidade. Seja transparente sobre o que sabe e o que não sabe. A transparência é o ingrediente chave para construir uma relação genuína de confiança.

4) Ensine as pessoas a errarem.

Para ensinar as pessoas a inovarem você precisa ensiná-las a falharem. Afinal, se as pessoas têm um medo mortal de falhar, elas nunca chegarão longe o suficiente para realmente inovar. Portanto, comemore os fracassos quando alguém da sua equipe se arriscar e não der certo e tire aprendizados para que a sua organização possa fazer uma outra tentativa e ter sucesso na próxima vez.

5) Tenha clareza mesmo quando você não enxergar a solução.

Defina em curtos períodos de tempo o que fazer, qual o problema a ser revolvido e qual será a métrica de sucesso. Teste a hipótese, gere sentimento de coletividade e provoque sua equipe a encontrar os caminhos sem ter respostas prontas. 

6) Tenha um time diverso.

Se você tem um time homogêneo em sua mesa de tomada de decisão, você certamente não está inovando e inovação é uma vantagem competitiva. Para chegar ao nível de excelência, você deve buscar pessoas distintas, com pensamentos distintos, com experiências distintas para enxergar o mesmo problema por diversos ângulos.  Lembre-se: a diversidade amplia a visão.                                                     

7) Faça parte da mudança.

O papel das empresas na evolução da sociedade é de colaboração em escala. Portanto, faça do ESG parte da estratégia do negócio e não dos resultados. Se você não tiver uma agenda forte de sustentabilidade hoje, você terá uma base de clientes cada vez menos endereçável, menos pessoas vão querer trabalhar para você e a probabilidade de você não estar aqui nos próximos anos será bastante alta. Mas faça de maneira genuína! Esteja diretamente envolvido nos processos de mudança para passar uma mensagem de verdade e comprometimento.

8) Por fim, tenha coragem.

Se você quer ser um líder influente e impactante no mundo de hoje, quer ousar ao criar estratégias para vencer, ensinar as pessoas a falharem, fazer parte da mudança, se envolver genuinamente com as pessoas e criar outros líderes, é preciso ter coragem para ser autêntico e verdadeiro. 

A verdade é que o centro dos negócios estão nas pessoas e não nas ferramentas. E essa é a principal tendência do varejo!

Outras

Notícias

  • De luz apagada e mente aberta para o Meio ambiente

    Neste sábado, os shoppings da Ancar Ivanhoe entram na Hora do Planeta e apagam as fachadas a fim de chamar atenção para sustentabilidade.

    Saiba Mais
  • 5ª edição da Pós-NRF traz tendências do varejo para lojistas

    UAI Lojista é palco para realização da Pós-NRF

    Saiba Mais
  • Botafogo Praia Shopping recebe showroom da Kavak

    Botafogo Praia Shopping é o primeiro empreendimento do Rio de Janeiro a receber um showroom da Kavak.

    Saiba Mais
  • Rio Design Leblon inaugura loja operada pelo shopping

    O shopping administrado pela Ancar Ivanhoe inaugura loja multimarcas com nova curadoria a cada seis meses.

    Saiba Mais